29 de novembro de 2011

O Anel Mais Fácil do Mundo

Ontem à noite comecei a ressuscitar umas peças, fiz um mega colar juntando vários antigos com mais outros pingentes bacanas que fui encontrando, que acabou virando um "memorial" de pescoço. Adorei ter tantas referências, pedacinhos de memória, presentes de pessoas queridas, lugares, todos ali juntos. Ficou bonito? Bom, eu diria que ficou maluco, mas no meio do caos a beleza aparece sim. Assim que eu terminá-lo vou postar também. Ah, o anel, sim! O que seria O Anel mais fácil do mundo? É um anel que se resume em: ache um objeto que caiba na sua mão, algo sólido o suficiente que possa ser colado numa base e, claro, uma base de anel. A cola é aquela mesma cola que se usa pra tudo e seca imediatamente (inclusive os dedos, cuidado). Eu poderia ter usado aquela outra cola que se mistura duas partes diferentes (pode dar um resultado mais durável), mas era o que eu tinha aqui. Quando eu achei esse patinho de borracha, coitado, guardado na gaveta, pensei em algum modo de usá-lo, como pingente de colar, talvez, mas ele não ficava numa posição legal. Como anel ele funcionou super bem, e apesar do tamanho ele é super confortável porque é levinho. E a base do anel curiosamente tem um furinho no meio, o que dá pra deixar o ar sair, e o pato continuou a fazer squeak squeak...
Espero que gostem!

Passo a passo do Anel Mais Fácil do Mundo:
Materiais:
1) Base metálica para anel (encontrado nas melhores casas do ramo, por ex.: rua 25 de Março, em São Paulo ou região da Saara, no Rio de Janeiro)
2) Pequeno objeto com fundo plano (para entrar em contato com a base do anel) 
 3)Uma cola dessas que todo mundo tem para emergência, Super B...
Modo de Fazer: Atenção, é super complicado! Aplique a cola na "bundinha" do objeto e na base do anel também (só pra garantir, porque a cola é bem líquida). 
Pronto! Seu anel está super bacana! 
Google+